quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Documentação do Cabrito Transmontano:

Todo o processo do cabrito exige uma devida documentação. A carcaça deve estar identificada segundo as normas oficiais, completadas com a manutenção da orelha direita junto ao corpo, até à aposição de um de um carimbo com a marca da entidade certificadora, nos quatro membros, preenchida a ficha de identificação e aposto o rótulo. Estes procedimentos serão executados nos matadouros pelo Organismo Privado de Controlo e Certificação (OPC).
A ficha de abate deve conter a seguinte informação:
  • O número da carcaça;
  • A data de abate;
  • Nome do produto ou seu código;
  • O número de identificação do cabrito que figura na ficha de identificação da cabrada e que corresponde ao número de brinco, aposto na orelha pelo Registo Zootécnico e/ou Livro Geneológico;
  • O peso da carcaça;
  • A aprovação da carcaça para consumo humano.

Sem comentários:

Publicar um comentário